Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

O sistema de navegação do fuselo

A MIGRAÇÃO do fuselo é uma das mais incríveis do mundo. O trajeto de 11 mil quilômetros feito por essa ave pode levar mais de oito dias. Analise o seguinte: Pesquisadores acreditam que algumas espécies de aves usam o campo magnético da Terra como recurso de navegação, como se tivessem uma bússola embutida em seu cérebro. Além disso, é possível que o fuselo se baseie no Sol de dia e nas estrelas à noite. Parece que essa ave também detecta antecipadamente a proximidade de tempestades que poderiam beneficiá-la com vento de cauda. Mas continua sendo um mistério para os especialistas o que exatamente está envolvido na migração dessa ave. O biólogo Bob Gill comentou: “Faz 20 anos que estudo o fuselo, mas ainda fico boquiaberto.” O que você acha? Será que o sistema de navegação do fuselo é resultado da evolução? Ou teve um projeto? Créditos de informações e imagens: Despertai! Janeiro de 2013 - Publicado por: Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania

Uma visita a Camarões

OS BAKAS — também conhecidos como pigmeus — provavelmente foram os primeiros habitantes de Camarões. Depois, no século 16, os portugueses chegaram. Séculos depois, os fulas — um povo islâmico — conquistaram o norte de Camarões. Hoje, 40% da população camaronesa diz ser cristã, 20% muçulmana e os restantes 40% seguem religiões africanas tradicionais.

As Testemunhas de Jeová produzem publicações bíblicas em bassa, um idioma falado em Camarões
As pessoas que moram em áreas rurais nesse país são especialmente hospitaleiras. Elas convidam os visitantes para entrar em suas casas, os cumprimentam e lhes servem água e alimento. Recusar essa demonstração de hospitalidade é visto como um insulto; e aceitá-la, como uma gentileza. No início da conversa, cumprimenta-se a família e pergunta-se como ela está. É costumeiro perguntar até mesmo como estão os animais! Joseph, que é de Camarões, diz: “Antes de um convidado sair da casa, não basta dizer ‘tchau’. Geralmente, o anfitrião acompa…

Cuidado com os percevejos!

NA METADE do século 20, parecia que os humanos estavam vencendo a guerra contra os percevejos. Mas na década de 70 muitos países decidiram restringir o uso do DDT — uma das principais armas nessa guerra — porque era tóxico e prejudicial ao meio ambiente. Com o tempo, os percevejos foram ficando mais resistentes a outros produtos químicos. As pessoas também começaram a viajar com mais frequência e, sem perceber, espalharam os percevejos. Com que resultado? Segundo um relatório de 2012 sobre o controle de percevejos, “relatou-se que, nos últimos 12 anos, os percevejos voltaram a aparecer nos EUA, Canadá, Oriente Médio, vários países europeus, Austrália e algumas partes da África”. Em Moscou, Rússia, queixas sobre percevejos se tornaram 10 vezes mais comuns num ano recente. E no outro extremo do planeta, na Austrália, infestações de percevejos aumentaram 5.000% desde 1999! Algumas pessoas trazem sem querer percevejos de lojas, teatros e hotéis. Certo gerente de um hotel nos…

O Cáucaso — a “montanha das mil línguas”

IMAGINE que você está caminhando por uma região montanhosa mais ou menos do tamanho da Espanha. Daí, fica surpreso ao descobrir que ali há dezenas de nações, cada uma com sua própria língua. Em alguns lugares, pessoas que moram em vilarejos vizinhos não conseguem se entender. Mas um lugar assim existe de verdade: o Cáucaso, que já foi descrito como a “montanha das mil línguas”. Cortada pelas montanhas do Cáucaso, que se estendem do mar Negro até o mar Cáspio, a região é um elo entre continentes e civilizações. Por causa disso, ela tem uma história e cultura muito rica. Seus habitantes são conhecidos pelo respeito às pessoas mais velhas, pelo amor à dança e por sua grande hospitalidade. Mas muitos visitantes acham que a característica mais marcante do Cáucaso é sua grande variedade de grupos étnicos e idiomas — na realidade, não existe outro lugar na Europa desse tamanho onde se falam tantos idiomas. Incrível diversidade
No quinto século AEC, o historiador grego Heródoto …

A peluda vaca da Escócia

EXISTE na Escócia uma raça de vaca com características bem diferentes: chifres encurvados, franja longa pendente sobre os olhos e pelagem densa e desgrenhada sobre o corpo robusto.
Essa raça é uma das mais antigas e há séculos resiste ao clima severo das Terras Altas e ilhas da Escócia. Originalmente, as que pastavam nas distantes Terras Altas eram maiores e de pelagem vermelha, e as que habitavam as ilhas da costa oeste eram menores e em geral pretas. Hoje, embora existam vacas escocesas de várias cores — vermelho, preto, marrom-claro, amarelo e esbranquiçado —, todas são consideradas apenas uma raça. Sua franja grande e um tanto engraçada tem um papel muito importante. No inverno, protege os olhos do vento, da chuva e da neve. No verão, a proteção é contra insetos que poderiam causar uma infecção. Antigamente, durante a noite, vaqueiros e arrendatários rurais levavam seu gado para abrigos feitos de pedra. Faziam isso para proteger seus animais do clima severo e de lob…

Mestres medievais da mecânica

A AUTOMAÇÃO mudou o cenário industrial — principalmente na realização de tarefas rotineiras e repetitivas. Mas quando surgiram os primeiros dispositivos automáticos e programáveis? Será que foi só alguns séculos atrás, durante a Revolução Industrial na Europa? Você talvez fique surpreso em saber que foi muito antes disso.



Bomba de dois pistões de Al-Jazari
No final do período conhecido como fase de ouro da ciência islâmica — do século 8 EC até por volta do século 13 EC —, eruditos do Oriente Médio traduziram para o árabe textos científicos e filosóficos que preservaram as obras de gregos renomados como Arquimedes, Aristóteles, Ctesíbio, Heron de Alexandria e Filo de Bizâncio.* Com essas e outras obras em mãos, o Império Islâmico — que se estendia da Espanha através do Norte da África e Oriente Médio até o Afeganistão — tinha o conhecimento necessário para fazer máquinas automáticas.



Manuscrito de Al-Jazari do século 13 mostrando seu relógio-elefante
Segundo o historiador d…

O mergulhão-do-norte — uma ave que encanta

O GEMIDO sinistro do mergulhão-do-norte é difícil de esquecer.* Esse som pode ser ouvido em isolados lagos e rios no Canadá, Europa e norte dos Estados Unidos e descreve bem a solidão dessas regiões distantes. Essa bela ave aquática é um símbolo do Estado de Minnesota, EUA, e aparece na moeda de 1 dólar do Canadá. Ela é migratória e passa a maior parte do inverno em áreas costeiras mais ao sul. Por que o mergulhão-do-norte é um pássaro inesquecível? Um canto diferente



Um mergulhão-do-norte vocalizando
Os mergulhões-do-norte produzem sons impressionantes. Seu gemido assustador pode ser ouvido a quilômetros de distância após o anoitecer. Além disso, tanto o macho como a fêmea produzem um som menos intenso para se comunicar entre si, com seus filhotes e com outros mergulhões no mesmo lago. Outro som, que é um tanto trêmulo e já foi chamado de “risada insana”, funciona como sinal de alerta e é o único emitido durante o voo. Existe outro tipo de vocalização feita apenas pelos …

Os balancins da mosca

Como a mosca-doméstica consegue fazer acrobacias aéreas complexas e precisas? Quando atingida por uma rajada de vento, como ela consegue corrigir sua trajetória e manter o curso? Dentre outras coisas, o segredo está em dois minúsculos apêndices chamados balancins, ou halteres, localizados atrás de cada asa.*
Analise o seguinte: Um balancim parece uma vareta com uma saliência na ponta. Durante o voo, os balancins se movimentam para cima e para baixo no mesmo ritmo que as asas, só que na direção oposta. Cientistas descobriram que os balancins ajudam a mosca a manter estabilidade durante o voo.



Sem os balancins, essa mosca-doméstica (à esquerda) e a típula não conseguiriam manter estabilidade no voo
Com suas saliências nas pontas, os balancins “se movimentam numa direção específica, como o pêndulo de um relógio”, segundo a Encyclopedia of Adaptations in the Natural World. Se, durante o voo, uma mosca faz uma curva repentina — intencionalmente ou por causa de uma rajada de vento —…

Top 10 traça mais bonita do mundo

1.) Traça de vespa de Texas (Horama panthalon) Fonte da imagem Esta criatura alada é definitivamente um das mariposas mais coloridas e mais bonitas do mundo. É comumente chamado Texas traça de vespa que podem ser encontrados na América do Norte e do Sul. Comparado à maioria das espécies de Mariposa, é estruturado de forma diferente e imita uma espécie de vespa de papel do gênero Polistes. 2.) Jardim Tiger Moth(Actia caja) Fonte da imagem Este traça é bonita, mas é mortal. O colorido jardim Tiger Moth com envergadura de até 65 mm tem variado de desenhos de asa. Sua coloração vibrante serve como um aviso aos predadores, porque seus fluidos corporais são venenosos. 3.) Escarlate Tiger Moth (Callimorpha dominula) Fonte da imagem O escarlate Tiger Moth é definitivamente um contendor para a traça mais brilhantemente colorido do mundo. Este traça colorida pode ser encontrada na Europa e Ásia Ocidental e central. Esta bonita traça pode ocorrer em formas de cor rara, com corpo e asas amarelas e um …

A linda mariposa

ERA uma noite agradável e a mariposa entrou voando no restaurante de luxo. Ela passou perto da mesa de uma senhora que jantava. A mulher tentou espantá-la histericamente, como se estivesse sendo atacada por um mosquito transmissor de doenças. A mariposa foi em direção a outra mesa e, por fim, pousou na lapela de um senhor. A reação dele e da esposa foi totalmente diferente: eles ficaram admirando a delicada, bela e inofensiva mariposa.
“As mariposas são as criaturas mais inofensivas que existem”, explica John Himmelman, co-fundador da Associação de Borboletas de Connecticut, EUA. “Elas não têm órgãos bucais capazes de picar e alguns espécimes adultos, como os da conhecida mariposa-lua, sequer comem. Elas não transmitem raiva ou outras doenças, não têm ferrão . . . De fato, a maioria das pessoas não se dá conta de que as borboletas são, na verdade, mariposas que voam durante o dia.”
Todo o mundo admira as borboletas, mas poucos param para observar a beleza e a variedade das mariposas.…

Origens » Chimu Civilization › Pachacamac › Ahuitzotl › Popol Vuh › Inti › Chan Chan › Civilização Zapotec » História

Personagens e eventos históricos ›› Chimu CivilizationPachacamacAhuitzotlPopol VuhIntiChan ChanCivilização ZapotecPachacuti Inca YupanquiLago Titicaca
Lugares históricos e seus personagens | Quem eram eles e seus fatos«≪≪≪ ◄► ≫≫≫»
[ 1 ]Chimu CivilizationOrigem e história
por Mark CartwrightA Chimú civilização , também chamado o reino de Chimor , floresceu na costa norte do Peru entre os dias 12 e 15 séculos CE. Com sua capital em Chan Chan o Chimu foram a maior e mais próspera cultura no final do Período Intermediário e forjou o segundo maior império da história dos antigos Andes. Sua arquitetura, a abordagem à governança regional, e arte que também passam a influenciar seus sucessores mais famosos, os Incas.
Visão históricaO governante fundador tradicional do Chimú foi Taycanamo que foi considerado ter nascido de um ovo de ouro e, em seguida, chegou a partir do mar. Outros governantes notáveis incluem Guacricaur, que se expandiu para os Moche vales, santa, e Zana. Eventualmente, o Chim…